Monsenhor Gil

A vida religiosa de Monsenhor Gil deu origem à homenagem que a cidade lhe prestou, adotando o nome de um de seus filhos mais ilustres. Com 25 anos, ordenou-se sacerdote em Roma e em 1880, depois de retornar ao Brasil, foi sagrado cônego. Herdou de seu pai vários bens, dentre os quais a Fazenda Lajes, onde ergueu a Igreja do Menino Deus. Deu o nome de Natal a todo o seu patrimônio e o doou à igreja, incluindo a casa onde seus pais moraram e onde hoje funciona a Casa Paroquial.

O povoado Natal surgiu em seguida, formado pela aproximação de famílias que para lá se deslocaram em busca de terras de posse gratuita. Lá construíram casas e fizeram surgir os estabelecimentos comerciais. O município foi criado em seis de dezembro de 1963, pela Lei Estadual 2.533. Na entrada da cidade, uma ponte graciosa se estende sobre um riacho que é ponto de lazer da população para banhos e diversão.